Destacar o que é bom, relativizar o que é ruim

DESTACAR O QUE É BOM, RELATIVIZAR O QUE É RUIM

Ver o copo meio cheio ou meio vazio é questão de perspectiva. O mesmo vale para muitos dos problemas que nos preocupam.

Para avaliar a verdadeira importância de algo que nos aconteceu, devemos perguntar a nós mesmos: “Isso vai fazer a diferença daqui a um ano?”

Se a resposta for sim, então vale a pena nos preocuparmos em resolver o problema.

Mas, se a resposta for não, podemos nos esquecer do assunto e pensar em algo mais agradável.

A habilidade de relativizar também nos leva a dar mais peso aos fatos positivos, ao mesmo tempo que diminuímos a importância dos acontecimentos negativos.

Um exemplo prático: se hoje seu chefe parabenizou você, considere isso um fato importante que vai marcar um novo ritmo em sua carreira. Se recebeu uma bronca, considere-a um incidente isolado.

Quer desenvolver sua inteligência emocional?

Vamos a isso, aqui ao lado –>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *